da Rede de Serviços

1. Ter a inspiração dos níveis supramentais como alimento para o serviço. 

2. Servir ativamente no mundo externo e no interno.

3. Pelo serviço, possibilitar o cumprimento do propósito da existência.

4. Ao servir, adaptar-se às necessidades em todos os níveis da vida.

5. No serviço, amparar a vocação de cada alma.

6. Ter no serviço uma ajuda para transcender o ego.

7. Pelo serviço, levar as almas à esfera de vida que almejam.

8. Ter a ação abnegada como princípio perene.

9. Ter como meta o puro servir.

10. Considerar ideais elevados e altruísmo como instrumentos de serviço.

11. No serviço, unir ação e contemplação.

12. Pela fé e pela união de esforços, alcançar o objetivo do serviço.